Curralinho e Cametá recebem Ambulanchas do Governo do Estado

0
O Governo do Estado entregou nesta terça-feira (28) dez novas ambulâncias e duas ambulanchas (foto), por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), destinadas ao reforço de atendimento em saúde em doze municípios do interior do Pará. Receberam as ambulâncias os municípios de Tailândia, Brejo Grande do Araguaia, Bragança, Medicilândia, Ipixuna do Pará, São Miguel do Guamá, Moju, Anapu, Baião e Terra Alta. As ambulanchas foram para Curralinho e Cametá. Os veículos são frutos do investimento de R$ 1,156 milhão do Estado, a partir de emendas parlamentares. A entrega ocorreu no auditório da Casa Civil da Governadoria, com a presença do chefe da Casa Civil, José Megale, da secretária adjunta da Sespa, Heloísa Guimarães, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Márcio Miranda, e de dez deputados autores das emendas. FOTO: THIAGO GOMES / AG. PARÁ DATA: 28.06.2016 BELÉM - PARÁ

Na foto o presidente da Assembléia Legislativa deputado Márcio Miranda,com o deputado Junior Ferrari, autor da emenda parlamentar que proporcionou a aquisição da ambulancha para a Vila Recreio do  Piriá no município de Curralinho e o Chefe da Casa Civil José Megale.
FOTO: THIAGO GOMES / AG. PARÁ – DATA: 28.06.2016

O Governo do Estado entregou nesta terça-feira (28 de junho) dez novas ambulâncias e duas ambulanchas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), destinadas ao reforço de atendimento em saúde em doze municípios do interior do Pará. Receberam as ambulâncias os municípios de Tailândia, Brejo Grande do Araguaia, Bragança, Medicilândia, Ipixuna do Pará, São Miguel do Guamá, Moju, Anapu, Baião e Terra Alta. As ambulanchas foram para Curralinho e Cametá. Os veículos são frutos do investimento de R$ 1,156 milhão do Estado, a partir de emendas parlamentares. A entrega ocorreu no auditório da Casa Civil da Governadoria, com a presença do chefe da Casa Civil, José Megale, da secretária adjunta da Sespa, Heloísa Guimarães, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Márcio Miranda, e de dez deputados autores das emendas.

Somente nos seis primeiros meses de 2016, o Estado fez o repasse de 32 ambulâncias para remoção simples, totalizando investimento de R$ 240 mil; de uma ambulância de UTI móvel, num investimento de R$ 145 mil; e de seis ambulanchas, nas quais foram investidos R$ 993 mil. No total, o Estado já investiu R$ 1,3 bilhão na aquisição de veículos, que são cruciais para a atenção básica e para o atendimento hospitalar da população de várias regiões do Estado.
“Cada vez que o Estado entrega mais um veículo de saúde, uma ambulancha, por exemplo, pensamos em quantas pessoas poderão ser beneficiadas e socorridas, muitas vezes lá na curva do rio de difícil acesso. É muito gratificante ver os parlamentares colaborando com a saúde do Estado, fechando parcerias com a população e possibilitando levar, de forma mais segura e mais eficaz, acesso à saúde dentro de ambulâncias ou de ambulanchas”, disse Heloísa Guimarães.
As ambulâncias entregues são de simples remoção, com direção eletrônica e hidráulica, suporte para soro, cadeira de acompanhante e fixação do cilindro. Os veículos também comportam maca com cabeceira articulada, revestimento de piso com borracha antiderrapante lavável e alta resistência. Têm também vidros laterais traseiros, divisória de cabine e salão com janela intercomunicadora, ventilador e exaustor no teto do salão, além de um armário com fechamento frontal corrediço.
O Estado também entregou ambulâncias de grande porte, com alta resolução, tração nas quatro rodas e que podem ser Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Móvel. O carro, tipo furgão, contém janela de ventilação forçada e quatro portas laterais (duas dianteiras e duas traseiras). A ambulância ainda traz armário lateral, luminária no teto, iluminação independente, cabina sanitária, sirene eletrônica, banco estofado tipo baú com três lugares, colchonete, cilindro de oxigênio, suporte para soro e sangue, maca com rodas e cinto de segurança, ar condicionado para dois ambientes, cadeiras de rodas articuladas, pranchas longa e curta para imobilização da coluna, fluxometro e umidificador de oxigênio além de régua tripla e saída para alimentação do respirador.
Emendas – José Megale reforçou aos prefeitos, vereadores e secretários municipais presentes na cerimônia o resultado do trabalho dos deputados e pediu aos presentes para tratar com zelo das ambulâncias. “A gente vê aqui o fruto concreto do trabalho dos parlamentares. Precisamos tratar bem desses equipamentos. Não queremos que uma ambulância passe a ser só mais um veículo sucateado nas garagens das prefeituras. Se não forem bem tratados, bem cuidados, é isso que acontece. Isso é dinheiro público. A emenda é parlamentar, mas o dinheiro é público e o Estado é gestor responsável por essa aplicação”.
Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Márcio Miranda, o momento de união do Executivo com o Legislativo é um coroamento do trabalho feito ao longo do semestre. “Esse processo, muitas vezes, começa no fim do ano anterior da entrega. Tem todo um trâmite burocrático. Por ouvir, muitas vezes, na base, os deputados têm uma angústia muito grande do que priorizar, e ao longo dos meses a gente tem notado que os parlamentares têm priorizado a saúde. As ambulâncias são um pedido muito mais frequente das comunidades”.
O município de Ipixuna do Pará recebeu a segunda ambulância fruto de emenda parlamentar. Segundo o prefeito da cidade, Salvador Chamon Sobrinho, a demanda é grande. São 96 comunidades e doze postos de saúde com apenas duas ambulâncias para atender a população. “Nosso município precisa muito. Estamos vivendo uma crise, pela qual o Brasil e o Estado passam, mas que também afeta os nossos municípios. Então receber uma ambulância é muito importante tanto para mim, como gestor, como para a população, porque a gente vai levar qualidade de vida e segurança para o transporte dos nossos pacientes”.
“Terra Alta necessita desse equipamento. Essa ambulância vai atender a necessidade do Areial, na zona rural. Para nós e para todo o Areial é um grande avanço. A comunidade vinha sofrendo com a carência desse carro, que é da maior importância para todos da localidade”, disse o prefeito de Terra Alta, Gilvandro Alves Cordovil. O prefeito de Baião, Nilton Lopes de Farias, frisou que a entrega trará muitos benefícios para o município. “Vai salvar vidas no Estado do Pará. Nosso município fica a 260 km da capital do Estado, e esse instrumento vai permitir que os serviços de saúde cheguem com conforto e mais rapidez”.
Fonte: AGPA.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade
Acessibilidade